sexta-feira, 11 de abril de 2008

( ) João Paulo II

Falar da vida de João Paulo II é escrever páginas e páginas e ainda não ter dito tudo (isto não é desculpa para não escrever:-)), por isso, fica um texto muito pequeno que é para todos lerem. Não se esqueçam que o texto é mesmo de Sua Santidade.

“Precisamos de Santos sem véu ou batina.
Precisamos de Santos de calças de ganga e tênis.
Precisamos de Santos que vão ao cinema, ouvem música e passeiam com os amigos.
Precisamos de Santos que coloquem Deus em primeiro lugar, mas que se "lancem" na faculdade.
Precisamos de Santos que tenham tempo todo dia para rezar e que saibam namorar na pureza e castidade, ou que consagrem sua castidade.
Precisamos de Santos modernos, santos do século XXI, com uma espiritualidade inserida no nosso tempo.
Precisamos de Santos comprometidos com os pobres e as necessárias mudanças sociais.
Precisamos de Santos que vivam no mundo, se santifiquem no mundo, que não tenham medo de viver no mundo.
Precisamos de Santos que bebam coca-cola e comam hot dog, que usem jeans, que sejam internautas, que escutem disc man.
Precisamos de Santos que amem apaixonadamente a Eucaristia e que não tenham vergonha de tomar um refrigerante ou comer uma pizza no fim-de-semana com os amigos.
Precisamos de Santos que gostem de cinema, de teatro, de música, de dança, de desporto.
Precisamos de Santos sociáveis, abertos, normais, amigos, alegres, companheiros.
Precisamos de Santos que estejam no mundo; e saibam saborear as coisas puras e boas do mundo, mas que não sejam mundanos".

3 comentários:

Anónimo disse...

Está provado que o texto não é de João Paulo II

zé disse...

Não sabia que João Paulo II escrevia assim.

Dá para referir a fonte?

Jorge disse...

amigo "ZÉ" a fonte não é a melhor, mas foi a possível - wikipedia