segunda-feira, 3 de março de 2008

Pós-convívio

No passado sábado realizou-se na casa de S. José – Lamego o pós-convívio para o grupo 1052. Poucos recém-convivas não puderam ir. Foi um dia para recordar as emoções do convívio, mas também para as reviver. A felicidade que atingimos naquela casa e com estas pessoas, onde estivemos tão perto de Deus, faz-nos sorrir de felicidade. Ao avaliarmos o 4º dia demo-nos conta que é difícil manter a chama acesa, ser fiel. O mundo não é simpático para Deus e por isso também não é para nós. Mas isso não nos desanima, sendo até mais um estímulo.
Estivemos na presença do Senhor Sacramentado, apresentamos-lhe a nossa vida e entregámo-la, para depois o recebermos na Eucaristia.
Foi bom voltar a ver amigos e saber que não estamos sozinhos nesta caminhada. Continuaremos unidos, até porque assim é mais fácil manter a chama e juntos iluminaremos muito mais.

1 comentário:

um pensador disse...

Que saibas sempre transmitir essa luz que através de ti irradia os outros!
És uma pessoa que vive e expressa aquilo que sente e que acredita!
Estamos no mundo e vivemos inseridos nele. Que saibas dar testemunho daquilo em que acreditas!
Devemos ser operários e testemunhas fiéis das virtudes teologais!
Que tenhamos forças para cumprir a nossa etapa, mas, também, acredito que Deus sabe escolher os seus operários!
Abraço em Cristo