sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008

Diário de miúdo?

A necessidade do diário de um miúdo no mundo da blogosfera é comparável àquela placa que uma peixeira tem na sua banca que diz: - “Aqui vende-se peixe fresco”. Ao chegar o primeiro cliente diz: -“Aqui vende-se peixe fresco? Claro que é aqui, ia ser onde!” E disse à sr.a para apagar a palavra aqui, pedido a que ela acedeu.
O cliente seguinte deparando-se com a nova mensagem (Vende-se peixe fresco) sorriu e disse: -“Pois, para pôr ali fresco é porque não será bem assim…” Preocupada pela desconfiança a senhora apagou também o “fresco”. A nova mensagem “vende-se peixe” parecia infalível. Acontece que se aproxima um novo cliente que não concordava e lá foi brincando com o vende-se, afirmando que era melhor que ela desse, mas uma vez que não podia ser, claro que tinha de ser vendido. A peixeira já pouco contente apaga o vende-se, ficando apenas a palavra “peixe”, pensando que agora já nenhum cliente teria que dizer. Mais uma vez a senhora estava enganada como viu pelo novo cliente que lhe disse que cheirava a peixe logo no início da rua, não era necessário estar lá escrito porque toda a gente sabia. Chateada, a senhora arrumou o quadro e não quis saber mais dele.
Pois é, o diário de um miúdo é tão necessário como o quadro da peixeira. Não só não é necessário como não diz nada de novo e podia perfeitamente ser arrumado. Mas não vou fazer como a peixeira, vou manter o quadro exposto para os clientes sorrirem, até porque, felizmente, os clientes têm sido muito simpáticos, para bem da sua saúdeJ

2 comentários:

Carmen disse...

Não deixes de escrever mesmo...se deixares...onde é que depois eu vou escrever?? :)
Só devemos desistir das coisas quando elas deixam de fazer sentido...e mesmo assim...vale sempre a pena lutarmos!! :) fico muito feliz com o teu último parágrafo... :)
Mais uma vez...gostei da tua analogia...tens jeito!! :D
Obrigado

Anónimo disse...

eu espero bem k nao deixes de escrever mesmo...pk para a lem de tu teres jeito para a coisa, eu ja nao sei viver sem o teu blog...e tou a falar serio...tu transmites força atravez dakilo k escreves...e nao so eu, mas mt gente prcisa dessa "força"...por isso nao vais desistir de uma coisa k eu ate sei k tu gostas de fazer...axo k deves continuar e cada vex com mais vontade...nao deites "fora" as tuas capacidades...aproveita os "dons" k tens e transforma-os em "frutos":)
ja sabes k s precisares de mim eu estarei sempre aki...pro k der e vier:)
bjitods
fica bem...